Educação inclusiva e especial: para incluir é preciso conhecimento

É preciso pensar em educação inclusiva e especial na mesma medida que se pensa na formação de profissionais da educação para atender a estes alunos. O Brasil sofre com a ausência de profissionais qualificados em matérias consideradas tradicionais como matemática e física.

O que pensar então sobre a necessidade de qualificação de professores para atender a educação inclusiva e especial? Torna-se necessário buscar políticas públicas para facilitar a capacitação desses professores no setor. Enquanto isso não ocorre, faculdade particulares oferecem especializações de qualidade nas áreas capazes capacitar com qualidade e baixo preço. Leia este post e entenda um pouco mais!